7 de março de 2016

Top 10 Ameaças à Saúde da Mulher



Para celebrar o dia internacional da mulher, dia 8 de março de 2016, aqui está um artigo alertando as mulheres sobre doenças que podem ser letais, podendo ajudá-las em sua saúde e longevidade.
Mulheres simplesmente não são as mesmas, especialmente quando se trata de riscos para saúde. Você sabe quais as condições que representam a maior ameaça para a saúde das mulheres? Você pode se surpreender.
O primeiro passo para se manter saudável é saber com o que você está contra, e, em seguida, tomar as precauções necessárias para reduzir o seu risco. 
A boa notícia é que muitas das principais ameaças à saúde das mulheres podem variar com base na idade e no bolso de uma mulher, porém são evitáveis.
Descubra quais as condições para estar ciente de maximizar a sua saúde hoje.

Doença cardíaca
Para a surpresa de muitas mulheres, o câncer de mama não é o maio risco para a saúde. A doença cardíaca, que representa cerca de 27% de todas as mortes de mulheres, mata no Estados Unidos mais do que todas as formas de câncer combinadas - cerca de 500.000 mulheres anualmente.
No entanto, apenas 13% dos americanos sabem o quão grande a doença cardíaca é de risco para a saúde das mulheres. 
Felizmente, existem muitas mudanças de estilo de vida que você pode fazer para evitar doenças cardíacas, tais como não fumar, seguir uma dieta boa para o coração e ser fisicamente ativo.

Câncer
Câncer, a segunda ameaça mais perigosa para a saúde da mulher, é responsável por 22% das mortes das mulheres e matam quase 270 mil mulheres nos Estados Unidos a cada ano. 
No entanto, mesmo nesta categoria, o câncer de mama não é a ameaça mais mortal.
Em vez disso, o câncer de pulmão reivindica mais vidas a cada ano - cerca de 70 mil por ano - principalmente devido ao tabagismo; câncer de mama é a segunda principal causa de morte por câncer. 
Felizmente, as escolhas de estilo de vida podem ajudar a prevenir pelo menos um terço de todos os canceres, sendo assim, se você cortar riscos através da adoção de hábitos mais saudáveis.

AVC
Derrame representa um risco significativo para a saúde das mulheres nos Estados Unidos. Não é apenas responsável por quase 8% de todas as mortes das mulheres, mas é também a principal causa de incapacidade em longo prazo nos Estados Unidos.
As mulheres são mais afetadas por esta condição do que os homens - quase 55 mil mulheres têm mais acidentes vasculares cerebrais a cada ano, e cerca de 60 por cento do número total de mortes por AVC acontecem em mulheres.
Por esta razão, é muito importante que todas as mulheres aprendam a reconhecer os sinais de um acidente vascular cerebral. 
Ligue para o 911 imediatamente se tiver sintomas de dormência ou fraqueza no rosto, braço ou perna - especialmente se é apenas em um lado de seu corpo; confusão súbita; problemas na fala ou compreensão; súbita dificuldade de ver; tontura ou perda de equilíbrio; ou uma dor de cabeça intensa abrupta.

DPOC
Esse grupo de doenças, que afetam as vias aéreas e pulmões, torna-se cerca de 5% de todas as mortes de mulheres. Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), causada principalmente pelo tabagismo, é a mais comum dessas condições e envolve bronquite e enfisema. 
Em 2000, pela primeira vez, mais mulheres do que homens morreram de DPOC, e é agora estimado que 64.000 mulheres morram da doença anualmente. 
A DPOC é uma séria ameaça para a saúde das mulheres que também diminui a qualidade de vida, causando falta de ar e limitando a capacidade de uma pessoa em se manter ativa.

Doença de Alzheimer
Doença de Alzheimer, uma doença degenerativa progressiva do cérebro, é responsável por cerca de 4% de todas as mortes das mulheres nos Estados Unidos a cada ano.
Mais da metade dos 4,5 milhões de americanos que vivem com esta condição são mulheres e mais mulheres morrem da doença do que os homens. Embora o Alzheimer comece com um simples esquecimento e confusão, ele pode eventualmente levar à deficiência mental e irreversível. 
Se você acha que você ou alguém que você conhece pode ter a doença de Alzheimer, não se esqueça de obter uma completa checagem médica para descartar outras causas de demência.

Lesões não intencionais
Acidentes - colisões de carro, quedas, intoxicações - são responsáveis ​​por cerca de 3% de todas as mortes de mulheres nos Estados Unidos a cada ano - mais de 37.000 mulheres. 
Em um estudo recente, um terço desses acidentes foram encontrados sendo relacionados ao tráfego, enquanto outros 7.800 mulheres perdem a vida anualmente por quedas.
Usando as precauções de senso comum podem ajudar a evitar muitos tipos de acidentes, como usar cinto de segurança toda vez que você está em um carro, colocando detectores de monóxido de carbono em sua casa, procure itens que contêm substâncias tóxicas, e tome medidas para evitar superfícies escorregadias, como o uso de um tapete antiderrapante na banheira.

Diabetes
Responsável por cerca de 3% de todas as mortes das mulheres nos Estados Unidos, a diabetes é um problema de saúde grave nas mulheres, é uma condição que afeta quase 26 milhões de americanos. 
Alguns 12,6 milhões dessas pessoas são mulheres com 20 anos ou mais, mas quase um quarto deles ainda não foi diagnosticado. As mulheres negras estão em maior risco para a doença. 
A diabetes tipo 2 é a forma mais comum da doença, mas a boa notícia é que é evitável. Para reduzir o risco, não se esqueça de manter um estilo de vida saudável e um peso saudável, fazer exercício, e ter seus níveis de açúcar no sangue em jejum verificados regularmente para permitir o diagnóstico precoce.

Influenza e Pneumonia
Combinada a pneumonia com a influenza, conta pouco menos de 3% de todas as mortes das mulheres americanas. 
Influenza, vulgarmente chamada gripe, é uma doença pulmonar contagiosa causada por um vírus, enquanto a pneumonia é uma infecção do pulmão, sendo a pneumonia bacteriana o tipo mais letal. 
As vacinas podem ser sua melhor aposta para reduzir o risco de ambas às condições. 
Vacinas anuais contra a gripe pode ser até 90 por cento eficazes na prevenção da gripe em adultos saudáveis, a vacina pneumocócica pode diminuir suas chances de pegar pneumonia por mais da metade.

Doença do rim
Esta doença, os rins param de fazer o seu trabalho e permitem que os resíduos se acumulem no sangue, sendo responsável por quase 2% de todas as mortes nas mulheres dos Estados Unidos. 
Muitos fatores podem contribuir para o desenvolvimento da doença renal, mas a diabetes, a hipertensão, doenças do coração, e uma história familiar de insuficiência renal são seus maiores riscos. 
Se você tem diabetes ou pressão arterial elevada, siga as sugestões de tratamento do seu médico de perto para minimizar seu risco. 
Infelizmente, a doença renal precoce não tem sintomas, mas os testes de sangue e de urina podem diagnosticar a doença.

Intoxicação no Sangue
Também conhecida como septicemia, infecção do sangue é um risco para a saúde das mulheres, responsável pela morte de 1,5 por cento das mulheres norte-americanas. 
Esta condição com risco de vida ocorre quando o sangue está infectado com bactérias ou outras toxinas que normalmente vêm de infecções no pulmão, do trato urinário, abdômen, ou pélvis. 
A condição pode começar com picos de febre, calafrios, respiração rápida, uma mudança no estado mental e aumento da frequência cardíaca, muitas vezes a pessoa se torna rapidamente muito doente. 
Os sintomas de envenenamento do sangue pode rapidamente evoluir para choque, que tem uma elevada taxa de mortalidade; se você ou um ente querido tem qualquer um dos sinais de alerta, vá a um hospital imediatamente.

Não da para pensar em saúde da mulher sem pensar em controle de peso.
Como emagrecer rápido é o desafio para muita gente, manter o peso é difícil após os 25 anos é mais complicado para maioria das mulheres, pois o metabolismo diminui e por consequência a queima natural de gordura.
O excesso de peso faz mal a saúde, por isso as mulheres tem que se atentar em controlar o peso, com o objetivo de saúde mais do que o motivo estético.
Tenha uma vida saudável busque dieta simples e natural, sono e atividade física é a chave do sucesso para ter o peso ideal e boa saúde. 

No dia Internacional da Mulher nada melhor do que buscar um momento para cuidar da gente, em especial da saúde e beleza. Assista agora o vídeo que ensina os alimentos e dicas para evitar o envelhecimento e também são ótimos para saúde da mulher.

Um comentário:

  1. Parabéns pela dedicação em trazer conteúdo de qualidade para seus visitantes. O dia Internacional da Mulher muitas vezes não é lembrado, mas é uma data interessante para cuidar da saúde e se sentir especial. #RosiFeliciano

    ResponderExcluir